Medina Fez el-Bali

Medina Fez el-Bali

No interior das muralhas da Medina Fez el-Bali estão os principais museus, monumentos e visitas turísticas de Fez.

Labiríntica, caótica e lotada, a Medina Fez el-Bali é a zona mais antiga da cidade e data do século VIII.

A Medina Fez el-Bali engloba mais de 300 bairros e 9.000 ruelas, grande parte delas sem saída. Embora hoje em dia a norma já não se aplique, antigamente cada bairro contava com uma mesquita, uma escola corânica, uma fonte e um hammam.

Como se orientar?

Para se orientar pela velha medina, há duas opções: ter um mapa ou contratar um guia. Conseguir um mapa detalhado de Fez el-Badi é uma tarefa difícil, mas não impossível. Em alguns hotéis ou restaurantes, você poderá comprar mapas.

A opção de contratar um guia oficial é ideal para começar a conhecer a cidade: você chegará a todos os pontos turísticos, ele explicará cada monumento, você aprenderá mais sobre sua cultura e, talvez o mais importante, evitará que centenas de vendedores, intermediários e falsos guias se aproximem para tentar vender algum objeto ou serviço.

Se nenhuma das opções anteriores o convence, o melhor é pegar uma das duas ruas principais: Talaa Kbira (a grande subida) ou Talaa Sghira (a subida pequena) e seguir por elas pegando ruelas, mas tentando mantê-las como referência. Já antecipamos que isso não é simples!

Visitas guiadas

Clicando nos seguintes links, você poderá reservar visitas guiadas por Fez em português:

O que ver em Fez el-Bali

Em Fez el-Bali estão os principais pontos turísticos de Fez: o mercado de couro, as praças Nejjarine e Seffarine, as escolas corânicas Bou Inania e Attarine, os grandes mercados das ruas Talaaa Kebira e Talaa Seguira, o Mausoléu de Moulay Idriss, etc.

Além dos lugares “com nome próprio”, a visita a Fez não termina até que você não decida entrar em uma ruela aleatória e se deixar levar por seu instinto. Se você estiver muito perdido, qualquer pessoa irá levá-lo de novo ao fluxo turístico por uma moeda.